Got all they shop every good option when Apply Today For An Easy Cash Advance Apply Today For An Easy Cash Advance reading these unforeseen medical bill.

O pastor e a estrela

Pastor Sardo

Fiz umas férias fantásticas na Sardenha alguns anos atrás. Para quem não sabe a ilha da Sardenha tem uma forte cultura pastorícia. Na Sardenha têm muitas ovelhas e cabras e fazem muito queijo bom.

A ilha é linda ainda com natureza intacta (mais na parte Sul) com praias espectaculares do nível da nossa querida Boavista.

Os “Sardos” (os habitantes da Sardenha), são de estatura pequena e com uma grande tradição pastorícia como acima referi, então, acontece com frequência no interior da ilha de encontrar grupos de cabras a atravessarem a estrada no seu ritmo apaziguado e vagaroso com o “pastor sardo” atrás do grupo a guiá-lo com assobios e movimentos de corpo.

O “pastor sardo” tem a responsabilidade de levar as cabras para a pastagem e no final do dia de re-encaminhá-las para casa. O sucesso da empresa é determinada pela capacidade do pastor saber guiar as suas cabrinhas e conseguir ajudar uma ou outra que por acaso se desencaminhe do roteiro.

Os “sardos” são também exímios cavaleiros (pela sua estatura pequena e pouco peso) e muitos deles são grandes estrelas nas corridas de cavalo. Quando correm como cavaleiros o objectivo é ir o mais depressa possível e ultrapassar o resto dos concorrentes.

A diferença entre o “pastor sardo” e a “estrela” é a mesma que existe entre uma boa liderança e uma péssima.

O bom líder tem como objectivo desenvolver as capacidades e competências do grupo e quase por ironia é aquele que está atrás do grupo. Ao bom líder interessa que o o grupo chegue ao destino mesmo se ele tiver que ir mais devagar.

O péssimo líder é aquele que pensa que liderança é ele chegar em primeiro lugar, sem se preaucupar com o grupo. O péssimo líder é do tipo “quando saiu da empresa as coisas deixaram de funcionar”, quer dizer que apesar de todos os anos que ele passou como “líder” não soube ajudar os outros a desenvolverem.

O grande apresentador é como o “pastor sardo” ele pensa somente na plateia, em como ajudá-la a desenvolver-se, no quê está interessada e gosta.

O apresentador medíocre é como a estrela, pensa só num vencedor – ele mesmo – e desinteressa-se por completo da plateia só se interessa por ele mesmo e pelo seu Powerpoint e ego.

Se quiseres ser um grande apresentador e líder começa “pastorar”.

Aquele abraço,
Nuno

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *